Projeto Piloto Sense & Learn (SELEA) 21 Brasil
Sentir e Aprender, educação sobre alimentação saudável e sustentável nas Escolas Brasileiras.

Relato de Experiência

Parceria e colaboração entre profissionais da Dinamarca e do Brasil para o desenvolvimento de uma ferramenta para medir o nível de conhecimento dos jovens estudantes brasileiros sobre a alimentação saudável e sustentável e o incentivo ao uso de ferramentas tecnológicas para evitar as mudanças climáticas são os principais temas do projeto piloto Sense & Learn (SELEA) implementado no Brasil no período de janeiro a novembro 2021 (SELEA 21 Brasil). 

SELEA 21 é um programa de rede internacional para desenvolver futuras estratégias de aprendizagem baseadas em sustentabilidade, sistemas alimentares e mudança climática. O programa é subsidiado pelo Programa de Rede Internacional (INP) e ancorado no Departamento de Geociências e Recursos Administração na Universidade de Copenhague.

No Brasil, o SELEA 21 conta com a colaboração da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO- Brasil), Instituto Verdescola, Colégio Pedro II Campus Tijuca 2, SESC Mesa Brasil, CEFET-RJ Campus Maracanã, organização Green Rio e FAO Brasil.

SELEA 21 Brasil foi implantado em uma escola federal, Colégio Pedro II Campus Tijuca 2 no Rio de Janeiro e na organização não-governamental (ONG) Instituto Verdescola em São Sebastião, São Paulo. Tendo como público alvo 182 estudantes, entre 10 e 16 anos de idade, na 6ª e 8ª séries.É importante notar que as atividades da SELEA 21 Brasil ocorreram durante o pico pandêmico da COVID19 no Brasil em 2021, onde muitas atividades deste programa piloto foram organizadas de forma remota on-line.

Os principais objetivos deste projeto piloto são:  aumentar o conhecimento do público alvo sobre os temas alimentação saudável e sustentável com o objetivo de evitar o desenvolvimento de futuras doenças crônicas relacionadas com a má alimentação; mitigação ao desperdício de alimentos nas escolas e em casa e incentivar o uso tecnológico para o combate ao desperdício de alimentos e mudanças climáticas. 

Para alcançar estes objetivos, dois modelos teóricos que são referência na Dinamarca por serem utilizados em projetos de promoção da saúde e bem-estar “The Health Belief Model” e o “Social Ecological Model” foram utilizados como base para dar estrutura ao projeto SELEA 21 Brasil em combinação com ferramentas de gerenciamento de projetos e práticas de colaboração Interprofissional.

Para identificar as necessidades do público-alvo, foram aplicados métodos mistos. Os dados foram coletados utilizando tanto métodos quantitativos na forma de questionário, quanto métodos qualitativos na forma de encontros periódicos on-line (com alunos, professores, colaboradores e gestores do projeto), observação e interpretação 

O projeto piloto apresentou três etapas: i) identificação das necessidades educacionais do público-alvo sobre as diretrizes do guia alimentar brasileiro e na sustentabilidade com foco na mitigação de resíduos alimentares, reciclagem de resíduos e soluções para as mudanças climáticas; ii) desenvolvimento de ferramentas para educar o público-alvo teoricamente e de forma participativa, a partir da colaboração multiprofissional e com participação dos próprios estudantes e iii) avaliação do resultado das atividades implementadas pelo SELEA21 Brasil que será realizada futuramente após a  conclusão de todas as atividades.

Na primeira etapa foram construídos dois questionários de avaliação do conhecimento. Um destinado aos estudantes e o outro destinado aos docentes. A segunda etapa ocorreu a formação educacional de acordo com as necessidades apresentadas nos questionários que uniu conhecimentos sobre alimentação e nutrição, sustentabilidade e da ferramenta tecnológica robótica para o combate ao desperdício de alimentos e mudanças climáticas.  Importante notar que devido a carência de devices tecnológicos por parte do público alvo e das escolas, conforme apresentado como resultado da nossa pesquisa com ambas escolas, mais uma vez a colaboração cross-profissional se fez presente no SELEA21 Brasil para realização desta atividade. Para a criação e desenvolvimento do instrumento tecnológico robótico para combater o desperdício de alimentos e mudanças climáticas, soluções  foram apresentadas  verbalmente pelo público alvo durante os workshops  e foram capturadas pelos profissionais  da área de robótica e tecnologia que são colaboradores neste projeto piloto e  que possuem a infraestrutura tecnológica necessária para o desenvolvimento desta ferramenta tecnológica.  A terceira etapa avaliará se os objetivos do SELEA21 Brasil foram alcançados. 

Para identificar as necessidades educacionais do público alvo, foi aplicado pelos responsáveis das escolas participantes um questionário elaborado por profissionais das áreas de nutrição, saúde global e sustentabilidade que também são gestoras do projeto SELEA 21 Brasil. O questionário foi formado por 26 questões, sendo 24 questões múltipla escolha e 02 questões abertas. O questionário contou com 7 sessões ao total onde as questões foram divididas, da seguinte forma: 04 questões na seção sobre informações básica do público alvo; 05 questões sobre  educação alimentar; 05 questões sobre sustentabilidade e mudanças climáticas; 04 questões sobre desperdício de alimentos na escola e em casa; 03 questões sobre sustentabilidade e reciclagem;  03 questões sobre informática e sustentabilidade e 02 perguntas abertas. Com base nas necessidades reveladas após análise do resultado do questionário, ocorreu a colaboração multidisciplinar entre os colaboradores do projeto sendo eles; Instituto Verde Escola, Colégio Pedro II Campus Tijuca 2, SESC Mesa Brasil e CEFET-RJ Campus Maracanã. Essa parceria colaborativa resultou no desenvolvimento de atividades construtivistas e interventivas para educar o público alvo de forma teórica e também participativa sobre os assuntos revelados como baixo conhecimento.

Os colaboradores citados acima, desenvolveram atividades para aumentar o conhecimento e a consciência do público alvo sobre os itens abaixo relacionados;

•  Classificação “NOVA” que separa os alimentos de acordo com o seu grau de processamento presente no Guia Alimentar para População Brasileira;

•  Motivos dos desperdício dos alimentos em todas as fases da cadeia alimentar e como reduzir esse desperdício na escola e em casa.

•  Preparo fácil e criativo de uma alimentação saudável utilizando os alimentos integralmente

•  Incentivo ao desenvolvimento de uma ferramenta robótica como apoio a soluções para o desperdício de alimentos e mudança climática.

Aculturação dos conceitos iniciais do projeto dinamarquês, colaboração entre profissionaisda Dinamarca e do Brasil, participação e colaboração Inter setorial e construtivista entre profissionais de diferentes instituições brasileiras, e finalmente a abordagem robótica como uma das ferramentas educacionais, foram importantes chaves para este projeto piloto.  O SELEA 21 Brasil visa alcançar as metas das Nações Unidas (ONU), Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), números 3 – Saúde e Bem-estar, 12 – Consumo e Produção Sustentável, 13-Combate à Mudança Climática, e 17-Parcerias Para o Desenvolvimento que estão diretamente vinculadas ao objetivo deste projeto piloto conforme apresentados abaixo.

• Referente a ODS 3- o SELEA 21 Brasil tem como objetivo aumentar os Anos de Vida Ajustados pela Qualidade (QALY), e através da educação no ensino médio evitar o desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e câncer nos jovens brasileiros ou no decorrer de suas vidas.

• Referente as ODS(s) 12 e 13 -Paralelamente a educação para saúde humana, este piloto tem o objetivo de  educar também quanto a saúde planetária com foco no combate ao desperdício de alimentos e nas causas das mudanças climáticas, uma vez que ambas estão conectadas e são necessárias para  boa saúde e bem-estar humana e planetária.

• Referente a ODS 17 a realização das atividades do SELEA21 Brasil somente foi possível devido a participação e colaboração de diferentes instituições e profissionais.

Os principais resultados foram que o público alvo não tem conhecimento adequado sobre o Guia Alimentar Para População Brasileira. Os resultados apresentaram um desconhecimento sobre os alimentos segundo seu grau de processamento, apresentando também um baixo conhecimento do público alvo quanto aos benefícios de uma alimentação saudável para saúde mental. Além disso, apesar de um senso de compromisso com a prevenção da mudança climática e proteção do planeta, o público alvo não está totalmente familiarizado com a forma de reduzir o desperdício dos alimentos ou reciclar corretamente os resíduos. Os resultados também mostraram que o público alvo não relaciona as emissões de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera e os resíduos alimentares como causas de aquecimento global e mudança climática, apresentando a necessidade de aumentar os conhecimentos do público alvo sobre estes tópicos. Um fato que chamou a atenção neste projeto piloto   foi o engajamento maior dos alunos vinculados a ONG as atividades das aulas on-line sobre alimentação e nutrição, desperdício de alimentos e iniciação a robótica, oferecidas pelos colaboradores do projeto SELEA 21 Brasil em comparação aos alunos do Colégio Federal Pedro II.  Vale ressaltar que atividades do SELEA 21 Brasil ocorreram durante o pico pandêmico do COVID19 no Brasil em 2021 e conforme informado pelo Colégio Pedro II, possíveis razões para o baixo engajamento dos alunos do Colégio Pedro II, foi devido ao ensino 100% remoto e não obrigatoriedade da participação dos alunos nas atividades oferecidas pelo SELEA 21 Brasil.

Conclusão, os resultados mostram a necessidade de aumentar o conhecimento do público-alvo e conscientização de forma teórica e participativa sobre sistemas alimentares dando ênfase nos seguintes tópicos;

•  Alimentação saudável e sustentável baseado na classificação NOVA e no Guia Alimentar para a População Brasileira

•  Como reduzir o desperdício de alimentos em casa e nas escolas

•  Como reciclar adequadamente os resíduos em casa e nas escolas

•  Educar detalhadamente  sobre as causas das mudanças climátics

Recomendações:

Com base na investigação deste projeto piloto, recomenda-se a realização de estudos futuros para criação de uma estrutura teórica sobre como apoiar os professores do ensino médio na educação com base no Guia Alimentar para População Brasileira, mudanças climáticas, mitigação de resíduos alimentares e reciclagem de resíduos.Além disso, é altamente recomendado que seja desenvolvido um novo estudo baseado nas experiências deste projeto piloto com um maior número de escolas participantes visando ter uma base de resultado confiável para apoiar a implementação dos tópicos abordados pelas atividades do SELEA 21 Brasil no curriculum escolar do ensino médio brasileiro.

Créditos:

Bent Egberg Mikkelse, Professor, PhD, Transformação de Sistemas Alimentares Urbanos, e responsável pelo projeto SELEA Internacional.
Giselle Medeiros Mesiara, Pesquisadora, Consultora em Nutrição na Saúde Global e Sustentabilidade, Coordenadora do Projeto SELEA21 Brasil, SELEA Cultural Interface entre Brasil e Dinamarca com apoio de Mukti Ram Chapagain Pesquisador, Designer em Alimentação e Nutrição, Alessandra da Silva Pereira – Pesquisadora, Professora adjunta da Escola de Nutrição da UNIRIO, Membro integrante do projeto e coordenadora do SELEA 21 na UNIRIO; membro do CECANE-UNIRIO, Maria Beatriz Martins Costa – CEO do Green Rio, Colaboradora e Moderadora do SELEA21 Brasil. Além disso, o projeto teve a colaboração do Instituto Verdescola, Colégio Pedro II Campos Tijuca 2, SESC Mesa Brasil, CEFET RJ Maracanã, FAO Brasil e Centro de Inovação Dinamarquês São Paulo.
Nota: Encontre mais informações sobre nosso projeto aqui https://ign.ku.dk/english/selea/

Contato coordenação SELEA 21 Brasil:
Giselle Medeiros Mesiara
Phone: (+45) 91111366
E-mail:

Referências:

2015. Predicting and Changing Health Behaviour: Research and Practice with Social Cognition Models.
McGraw-Hill Education (UK), p.Chapter 2 The Health Belief Model.

Bvsms.saude.gov.br. 2014. Guia Alimentar Para População Brasileira. [online] Available at <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf> [Accessed 6 July 2021].

Cefet-rj.br. 2021. Maracanã. [online] Available at: <http://www.cefet-rj.br/index.php/maracana> [Accessed 15 April 2021].

Center for Social Well-Being and Development. 2021. The Social Ecological Approach. [online] Available at: <http://www.cswd-gw.org/home-1.html> [Accessed 1 September 2021].

Cp2.g12.br. 2021. Colégio Pedro II – Sobre o CPII. [online] Available at: <https://www.cp2.g12.br/using-joomla/extensions/components/content-component/article-categories/9971-o-cpii-em-libras.html> [Accessed 3 September 2021].

Fao.org. 2021. Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação: FAO no Brasil | Food and Agriculture Organization of the United Nations. [online] Available at: <http://www.fao.org/brasil/en/> [Accessed 9 May 2021].

Greenrio.com.br. 2021. Green Rio | Green Rio. [online] Available at: <http://www.greenrio.com.br/> [Accessed 17 February 2021].

Instituto Verdescola. 2021. Home – Instituto Verdescola. [online] Available at: <https://verdescola.org.br/> [Accessed 6 March 2021].

Nupens | Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde. 2021. Classificação NOVA – Guia Alimentar para a população brasileira | Nupens. [online] Available at: <https://www.fsp.usp.br/nupens/guia-alimentar-para-a-populacao-brasileira/> [Accessed 17 September 2021].

Odsbrasil.gov.br. 2021. ONU – Objetivos Desenvolvimento Sustentável. [online] Available at: <https://odsbrasil.gov.br/> [Accessed 1 September 2021].

Project Management Institute. 2021. Project Management Skills. [online] Available at: <https://www.pmi.org/> [Accessed 17 April 2021].

SOUZA et al.. Adequação nutricional e desperdício de alimentos em Centros de Educação Infantil. Ciência & Saúde Coletiva, 23(12):4177-4188, 2018. 

Unirio.br. 2021. Notícias — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. [online] Available at: <http://www.unirio.br/> [Accessed 5 February 2021].

UNIVERSITY OF COPENHAGEN. Departamento de Geociências e Gestão de Recursos Naturais. Sense & Learn (SELEA 21). Disponível em: <https://ign.ku.dk/english/selea/> Acesso em 05 set. 2021

Whpa.org. 2021. Interprofessional Collaborative Practice | World Health Professions Alliance. [online] Available at: <https://www.whpa.org/activities/interprofessional-collaborative-practice> [Accessed 17 September 2021].

WWF Fundo Mundial para a Natureza. 2021. Causas, os níveis de CO2. [online] Available at: <https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/reducao_de_impactos2/clima/causas/> [Accessed 14 September 2021].

www2.sesc.com.br. 2021. Mesa Brasil Sesc – Rede Nacional de Bancos de Alimentos. [online] Available at: <https://www2.sesc.com.br/portal/site/mesabrasilsesc/home/> [Accessed 9 March 2021]. 

 


 

Concordo com termos de uso e políticas de privacidade do Green Rio

Compartilhamento da página