Ministra Tereza Cristina deseja lançar plano Bioeconomia Brasil/Agricultura Familiar e Cooperativismo no Green Rio. Brasil e Alemanha terão estandes âncoras. Ministério da Agricultura promoverá encontros de empreendimentos com empresas.

O momento mais aguardado desta edição será o lançamento do programa Brasil Bioeconomia / Agricultura Familiar e Cooperativismo, no primeiro dia de evento. A expectativa é de que a Ministra da Agricultura Tereza Cristina venha ao Rio para anunciar o plano. De acordo com um levantamento realizado em 2018 pelo portal Governo Federal, a agricultura familiar no Brasil responde por um faturamento anual que ultrapassa os US$ 55 bilhões. Considerando apenas a produção dos pequenos produtores, o país se consolida como oitavo maior produtor mundial de alimentos.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Green Rio contará com uma delegação vinda da Alemanha para participar do evento. A comissão, formada por 12 especialistas de departamentos do governo alemão, tem como destaquesa diretora geral do Ministério Federal da Alimentação e Agricultura, Secretária Eva Müller e o presidente do Julius Kühn Institut (equivalente à nossa Embrapa) e o embaixador Dr. Georg Witschel.

Ainda no evento, o Instituto Julius Kuhn ratificará o acordo de cooperação assinado ano passado com a Secretaria de Agricultura Familiar, contemplando parcerias em energias renováveis, segurança alimentar e promoção da agricultura sustentável em pequenas propriedades.

“O Brasil tem tudo para ser um player global estratégico no cenário da bioeconomia, pelo sua rica biodiversidade e também pelo seu capital humano”, afirma Maria Beatriz Costa, organizadora do Green Rio.

Comprovando que o cooperativismo está em alta, o Green Rio 2019 terá como novidade um dia adicional na rodada de negócios para matchmaking, promovido com o apoio do Ministério da Agricultura. Será um encontro de oportunidades para aproximar empreendedores da agricultura familiar à iniciativa privada. O objetivo é criar possibilidades de grandes players e micro produtores realizarem negócios, sem intermediários, valorizando assim o trabalho do agricultor. As rodadas são exclusivamente para expositores do Green Rio.

De acordo com o último Censo Agropecuário, a agricultura familiar é a base da economia de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes. Além disso, é responsável pela renda de 40% da população economicamente ativa do País e por mais de 70% dos brasileiros ocupados no campo.

Ainda no primeiro dia de evento haverá o lançamento da 2ª Edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais e a presença do secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo Fernando Schwanke para ministrar uma palestra sobre Bioeconomia e Agricultura Familiar: Perspectivas para a próxima década.

Inscreva-se no Green Rio.