.

 

Green Rio / Rio Orgânico 2016

Green Rio 2016 na Marina da Glória supera expectativas e recebe mais de 2.500 visitantes

colagemGR2016

O evento Green Rio teve sua primeira edição em 2012, quando foi um side-event da Rio +20. Ao longo de cinco anos, o evento se firmou como plataforma de negócios sustentáveis que reúne expositores, palestrantes e representantes da economia verde e do setor orgânico.

Dias 2, 3 e 4 de junho de 2016 a Marina da Glória recebeu a 5ª edição do Green Rio.
Mais de 60 expositores comprometidos com alimentação saudável, produção sustentável e bioeconomia receberam os 2.500 visitantes que foram ao Green Rio 2016.

Durante os três dias do Green Rio 2016 foram realizadas rodadas de negócios. No primeiro dia, em parceria com a Associação Brasileira dos Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) com a presença de compradores internacionais. No segundo dia, em parceria com a iniciativa Rio Alimentação Sustentável e caterings que participarão dos Jogos Olímpicos e, no terceiro dia, em parceria com o programa Sebrae no Pódio que capacitou pequenas e médias empresas para o fornecimento dos Jogos 2016.

reuniao-jogos2016

Palestrantes brasileiros e internacionais falaram sobre Bioeconomia no Green Rio, destacando o declínio da economia do petróleo, apresentando indicadores de como os investimentos globais se voltam para energias renováveis e compromissos com produção sustentável e segurança alimentar. Damian Valenzuela (Argentina) Marc Diaz (Sebrae) e Thomas Schroeder (Alemanha) tiveram como ponto comum em suas respectivas apresentações o reconhecimento que a Bioeconomia é a Economia do século XXI. Ainda dentro da Bioeconomia, Marcio Schittini falou sobre Biogás, cenário atual e potencial no Brasil.

O tema NEXUS – Alimento-Água-Energia foi abordado pelo Projeto Cultivando Água Boa/Itaipu Binacional (Jair Kotz) e pelo projeto INTECRAL (Sabine Schlueter) que envolve a parceria Universidade de Colônia (Alemanha) e o programa Rio Rural, da Secretaria de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro.

palestrantes1

O SESC trouxe para o Green Rio oficinas do MESA BRASIL sobre aproveitamento integral de alimentos e promoveu rodas de conversa em seu estande que ficou lotado durante os três dias do evento por um público interessado em saber mais sobre desperdício de alimentos e alimentação saudável. SESC também participou da Conferência Green Rio 2016 apresentando as ações Educativas que contemplam alimentação saudável e segurança dos alimentos.

foto-sesc

A rede de supermercados Zona Sul ocupou a praça central do evento, na qual gestores de diversas categorias que conversaram com os expositores e participaram das rodadas de negócios. Além disso, houve veiculação promovendo o Green Rio no encarte semanal do Zona Sul no período do evento (50.000 exemplares distribuídos em 34 pontos de venda, nos seguintes bairros: Flamengo, Botafogo, Urca, Copacabana, Ipanema, Leblon, São Conrado, Barra e Recreio.)

foto-zonasul

O Green Rio 2016 apresentou o resultado do prêmio Alimentação Escolar Saudável RJ, lançado no Green Rio 2015. O projeto Alimentação Escolar Saudável RJ promovido por Planeta Orgânico, Sebrae e Firjan, tem como objetivo contribuir para a saúde de crianças e jovens nos municípios do Estado do Rio de Janeiro por meio da promoção do desenvolvimento local e regional e da alimentação escolar saudável, beneficiando assim os pequenos negócios envolvidos na cadeia produtiva de alimentos e bebidas. Participaram ativamente do projeto Alimentação Escolar Saudável 5 municípios, 91 escolas, mais de 400 merendeiras e 30.271 alunos.

Paraíba do Sul e Três Rios foram os municípios que mais se destacaram no quadro geral do projeto. Itaperuna foi a cidade que conseguiu maior redução de gorduras e processados, Pinheiral do percentual de sal e Trajano de Moraes de açúcar. Para os próximos anos, o projeto deseja consolidar as boas práticas, promovendo o padrão saudável de alimentação escolar e também desenvolvimento local.

foto-premioalimentacao

Alimentação Saudável e Tendências de Consumo foram temas das apresentações da Emater RJ (Cristianne Mendonça) e da Korin Agropecuária Ltda. (Reginaldo Morikawa). Promoção da cadeia de valor de produtos diferenciados, foi o tema abordado pelo analista técnico do SEBRAE, Luiz Rebelatto.

A Amazônia do Brasil esteve presente pela terceira vez no evento Green Rio com o Projeto Estruturante SEBRAE “Cosméticos de Base Florestal da Amazônia”. Sete estados da Amazônia fazem parte deste projeto inovador: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O projeto promove desenvolvimento da cadeia de valor, rede de conhecimento, pesquisa e inovação dos produtos cosméticos para a região amazônica.

O Projeto Estruturante SEBRAE “Cosméticos de Base Florestal da Amazônia”. esteve presente em dois momentos: com o estande que trouxe cosméticos e produtores de insumos da Amazônia e com o seminário que destacou a Lei de Acesso e Repartição de Benefícios da Biodiversidade, Lei 13123/ 2015, que  foi  publicada no dia 12 de maio de 2016.

foto-cosmeticosamazonia

Wanderléia Oliveira e João Matos apresentaram a evolução do projeto, os resultados alcançados e os próximos passos. Rogério Magalhães (Ministério do Meio Ambiente), falou sobre o decreto que regulamenta o Conselho de Gestão do Patrimônio Genético, define sua estrutura, estabelece regras para o acesso à biodiversidade e repartição de benefícios, além de definir infrações e sanções administrativas.

Sustentabilidade esteve presente nas palestras de Andréa Ramirez (SEBRAE) de Suênia Souza que apresentou o Centro Sebrae de Sustentabilidade, cujo estande recebeu visitantes do Brasil e de outro países interessados em saber mais sobre as iniciativas sustentáveis apoiadas e promovidas pelo SEBRAE.

foto-css

A Semana do Alimento Orgânico, foi o destaque do sábado, 4 de junho de 2016, quando um auditório lotado ouviu Rogério Dias, Coordenador do Agroecologia do Ministério do Meio Ambiente, dizer que “toda a sociedade deve participar ativamente na definição do que queremos como alimento, como queremos que sejam produzidos e ofertados nossos alimentos e onde queremos comprar nossos alimentos.”

palestrantes2

O Painel RIO 2016 Legado e Inovação, contou com a participação do Embaixador Laudemar Aguiar, Coordenador Relações Internacionais Prefeitura do Rio de Janeiro, Richard Smith – Rio Food Vision / Rio Alimentação Sustentável e Francisco Marins – Coordenador Sebrae no Pódio.

Sebrae no Pódio é um programa coordenado pelo Sebrae no Rio de Janeiro em parceria com o Comitê Olímpico Rio 2016, e tem como objetivo mobilizar e capacitar as micro e pequenas empresas para serem possíveis fornecedoras de produtos e serviços nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Rio Comércio Justo e Solidário foi o tema da apresentação de Johann Wolfgang Schneider, numa campanha para colocar o Rio de Janeiro no mapa das Fairtrade Towns. O objetivo é envolver a comunidade local na promoção do consumo de produtos finais certificados Fairtrade.

Finalizando a Conferência Green Rio 2016, Fernando Nascimento, representando o Instituto Lotta de Cultura, Arte-Educação, lembrou a importância do Parque do Flamengo, o maior parque urbano do mundo, que hospeda a Marina da Glória.

A mídia divulgou o Green Rio 2016 como o evento que colocou o Rio de Janeiro no mapa da Economia Verde.

foto-midia

http://noticias.band.uol.com.br/jornaldorio/video/2016/06/02/15883633/green-rio-coloca-a-cidade-no-mapa-da-economia-verde.html

 

Vídeo apresentado pelo Embaixador Laudemar Aguiar no Painel Rio 2016 Legado e Inovação

 

Para receber informações sobre o Green Rio 2017, por favor preencha o cadastro no link abaixo:

www.greenrio.com.br/index.php/informacoes-green-rio-2017

 

Para saber mais sobre as edições anteriores do Green Rio,
por favor clique nos links abaixo:
GREEN RIO 2012 GREEN RIO 2013 GREEN RIO 2014 GREEN RIO 2015