O Green Rio realizou uma rápida entrevista com Flavia Bley, uma das fundadoras da CCBRALUX (Câmara de Comércio Brasil Luxemburgo) em Luxemburgo. Como um possível hub europeu em desenvolvimento para diversas indústrias, incluindo produtos da bioeconomia. A CCBRALUX participou do Green Rio 2019:

1) Como a Câmara pode auxiliar produtores brasileiros a entrar no mercado em Luxemburgo?

Uma de nossas principais missões é unir pontas. Nós facilitamos esses encontros entre parceiros de negócio em potencial, tanto através de eventos como por reuniões on-demand.

2) Entrando no mercado em Luxemburgo, fica mais viável o acesso ao mercado europeu?

Sim, porque na verdade existe só o mercado europeu. Não há diferença entre clientes da UE. “Ao mesmo tempo que o produtor tenha liberdade para definir seus termos e condições gerais de venda, incluindo as limitações de entrega, todos os seus clientes com base na UE devem ter o mesmo acesso aos bens que seus clientes locais.” (europa.eu)

De qualquer maneira, para qualquer produto ser comercializado aqui, é necessário verificar se os produtos atendam aos requisitos da UE.

3) Algumas empresas possuem dúvidas sobre interesse de compra de alguns produtos específicos no agronegócio – por exemplo: mel…

Para cada mercado há informações que podemos passar especificamente para nossos membros. Envio como exemplo um PDF sobre o segmento de vendas de mel para a UE.

4) Há um website para acessar a Câmara?

Sim, está em desenvolvimento: www.ccbralux.lu
Também há perfis sociais:
Facebook – https://www.facebook.com/ccbralux/
Linkedin – https://www.linkedin.com/company/ccbralux/